CEMIB - Institucional


voltar

 

O CEMIB realiza pesquisas, forma recursos humanos e desenvolve tecnologias na área de Bioterismo; produz matrizes selecionadas e certificadas do ponto de vista genético, sanitário e ambiental, a fim de atender a demanda de Biotérios encarregados da produção de animais de experimentação; produz animais de experimentação para atender as necessidades da Universidade; divulga os conhecimentos especializados e mantém intercâmbio com instituições e organismos internacionais, visando constituir um centro de referência nacional dentro de padrões aceitos internacionalmente; cuida para que as experiências sejam feitas de acordo com as normas de respeito à vida, evitando-se experiências cruéis e desnecessárias.

Em 1987 a Deliberação CONSU-A-009/87, de 21-07-87, dispõe sobre o Regimento Geral do "Biotério Central", órgão complementar da Universidade, subordinado ao Instituto de Biologia.

Em 1989 a Deliberação CONSU-A-031/89 altera a denominação do Biotério Central para "Centro de Bioterismo" da Universidade Estadual de Campinas, subordinando-o diretamente à Reitoria.

Em 2002 a Deliberação CONSU-184/02, de 26-03-2002, aprovou a alteração da denominação do CEMIB que passa a ser: Centro Multidisciplinar para Investigação Biológica na Área da Ciência de Animais de Laboratório, mantendo a sigla existente.

Em 2002 a Deliberação CONSU-A-14/02, de 26/03/2002, dispõe sobre o Regimento Interno do Centro Multidisciplinar para Investigação Biológica na Área da Ciência de Animais de Laboratório – CEMIB, ficando revogadas as disposições em contrário.

Em 2003 a Deliberação CONSU-A-33/03 de 25-11-2003, dispõe sobre alteração no Regimento Interno do CEMIB baixado através da Deliberação CONSU-A-14/02.

Em 2014 a Deliberação CONSU-A-07/14 de 25-03-2014, dispõe sobre alteração no Regimento Interno do CEMIB baixado através da Deliberação CONSU-A-33/03.

Veja aqui um pouco mais de nossa história.

 

topo


 

CEMIB – Centro Multidisciplinar para Investigação Biológica na Área da Ciência em Animais de Laboratório - UNICAMP